Vitrificação e suas vantagens

Você já deve ter ouvido este termo, mas talvez não saiba exatamente o que é. A vitrificação automotiva é o que há de mais moderno em termos de revitalização e proteção de pintura.

Muitos acham frescura, mas a verdade é que, mesmo em carros novos, o que garante a proteção da pintura é o verniz, ou seja, para que o verniz tenha sua vida útil prolongada é necessário que se faça uma proteção através da vitrificação.

O método de proteção é composta por uma Resina de Sílica Vitria de Polissilazano (ou vidro líquido), que após aplicado cria uma camada de proteção resistente sobre a pintura do carro protegendo dos raios UV e intempéries do tempo.

A vitrificação é indicada para todos os veículos novos, seminovos e também usados, desde que, a pintura não esteja danificada. Segundo Álvaro Luis, da Auto Vapor Estética Automotiva, a camada de vidro funciona como um lupa, então se a pintura estiver muito danificada, a vitrificação irá evidenciar os defeitos, neste caso o indicado são outros serviços, como espelhamento ou selante.

Antes de vitrificar o carro é preciso fazer alguns procedimentos especiais. Se o carro for zero, uma lavagem com shampoo específico e alguma correção na pintura original pode ser feita. Para carros semi novos, além da lavagem diferenciada, é preciso polir a pintura antes.

A durabilidade mínima, tendo os cuidados certos é de 3 anos. “É interessante fazer uma manutenção de 6 em 6 meses, onde é feita uma descontaminação que tira toda a sujeira que fica sobre o vidro, aplicação de um produto específico para manutenção feito com máquina, onde o brilho é intensificado e aumenta a repelência à sujeira”, afirma o profissional.

O serviço feito com excelência devolve ao proprietário um veículo praticamente novo. Acompanhamos a vitrificação feita neste HRV (que no caso é da Dani), com 13 meses de uso e comprovamos que faz muita diferença. Além do super brilho, mini riscos, comuns em áreas como para-choque, sumiram.

“A sensação que eu tenho é de que a sujeira escorrega, não para na lataria. Tenho lavado o carro com um intervalo bem maior do que antes da vitrificação”, conta Dani Manna.

Fabiano Almeida, proprietário da Auto Vapor, afirma que é um investimento que vale a pena. O custo benefício é bom, uma vez que após o procedimento, economizasse em polimento e lavagens. Sem contar a super proteção que é feita na pintura.

Todo o processo leva, em carros zero, 2 dias e carros usados leva de 3 a 4 dias, por conta dos processos necessários para preparar. Por isso, acaba saindo mais em conta vitrificar um carro zero do que um semi novo.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram